quinta-feira, 28 de agosto de 2008

O LOUVA-A-DEUS, COM OS SEUS OLHOS GRANDES, ROGOU-ME PARA EU NÃO O MOLESTAR...

... E EU, MESMO SABENDO QUE É O INSECTO MAIS CRUEL DO MUNDO DAS PEQUENAS CRIATURAS, LIMITEI-ME A FOTOGRAFÁ-LO - ELE NÃO LOUVOU A DEUS NEM ME LOUVOU A MIM... TAMBÉM, ACHO QUE NUNCA FIZ NADA NA MINHA VIDA QUE MEREÇA SER LOUVADO...

2 comentários:

Lia disse...

Alexandre,
qualquer um de nós...terá alguma coisa na vida que mereça ser louvado!:0(
Acredito, que tu tenhas muitas!
Beijinhos.

Bichodeconta disse...

Que modesto!!!!!!!Beijinho, ell